Voltando à gravura



A escala atrativa para o olhar, determina uma relação primeira com o homem.
Minha escala é conciliável ou meu entendimento?
Meu olhar está convencido da transposição que ocorre, portanto sou explicado para ver o que me foi convencido ver.


CONVENÇÃO PARA CONVENCER

6 comentários:

ElmaCarneiro disse...

Fico sem palavras com a grandiosidade de sua arte tão bem pensada, elegante, racional, de grande beleza, equilíbrio e harmonia. Parabéns. Continue a nos proporcionar com esses momentos contemplativos e agradáveis. Isso é ARTE verdadeira.
Abraço

Fernando Zanforlin disse...

Elma, obrigado pelo comentário, fico por suas observações, a manter o compromisso comigo mesmo e cada vez mais decidido a respeitar os que admiram meu trabalho.
Abs.

Georgia disse...

Fernando tudo bem?

Realmente ao contemplarmos uma imagem nao sabemos ao certo se estao querendo nos convencer de alguma coisa. No mais sempre digo que é melhor olhar além das retas...

Boa semana

Um abraco

Fernando Zanforlin disse...

Olá,Georgia, não tenha dúvida todas as imagens querem nos convencer de alguma coisa.Para uns uma pequena nuvenzinha é um prenuncio de bastante chuva, para outros passam despercebidas. Mesmo nas retas,é preciso atenção, não sabemos qual o pequemo ângulo que ela nos desvia do caminho almejado.
Abs.

googa disse...

putz, tô vendo aquela tropa de camelos ali no pé do triedro.

Fernando Zanforlin disse...

Olá, Googa,que bom, aprendi no "primário" e não esqueci, o coletivo de camelo e cálifa.Bem, triedro, aí foi mais tarde.
Pelo olhar, escala certa.
Abs.

Comentários