Generalidades

"A intuição pode revelar o quanto a razão é limitada e ajudar a liberar as energias criativas para o surgimento do novo" porém certo que ao deflagar a intuição houve um i0, motivado pela razão.
Não tenho tanta convicção dessa acertiva do Maliévitch, suas conclusões no "Dos novos sistemas na arte" por vezes mostrou - me que o branco não é preto.  (ele também sabia disto)
Concluindo mais adiante, "daí surge a luta das forças enérgeticas da razão e da intuição. Penso se há luta, é porque há disputa, se há disputa é porque há juizos diferentes. Entre intuição e razão, fico com a razão ela não tem limites.

2 comentários:

Anônimo disse...

vc. colocou a peça metade na pista e metade no campo, há alguma razão para isso?

Fernando Zanforlin disse...

Antônimo, não houve essa preocupação. O que eu vejo é que, quando raciocinamos, deixando a emoção de lado, as coisas de ordenam.
Se comandadas por um objetivo, ele será comtenplado, o meu era o estético e equilíbrio. Vê um sinal de + no centro da imagem?
Pois é eu não o procurei ele apareceu depois do arranjo. Mas contudo o que tem ele a ver? Nada, só mais uma questão para alguns críticos escreverem bobagens. Desculpe o Antônimo. abs.

Comentários